Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros

O último livro que li e  será o primeiro sobre o qual escrevo aqui é ” Abraham Lincon: Caçador de Vampiros”, de Seth Grahame-Smith. Talvez não seja a melhor forma de começar,mas já que o blog se trata dos livros que leio,nada mais sincero que isso. Então,vamos lá.Eu gosto da ideia de mesclar História e ficção,via de regra me aventuro nestas leituras e esta foi uma delas, apesar de alguns amigos acharem um verdadeiro sacrilégio “brincar” com alguns personagens históricos tão emblemáticos,como no caso de Abe (a forma intimista com a qual o autor se refere diversas vezes a Abraham Lincoln).Confesso que me chamou a atenção o fato de se tratar de uma história de vampiros. Os considero seres sobrenaturais fascinantes, adoro desde que me lembro, tendo como  marco “Entrevista com o vampiro”, de Anne Rice, apaixonante, e com esta moda vampiresca dos dias atuais é rotina pipocarem diversos títulos envolvendo o tema, mas ainda é difícil encontrar vampiros com tamanha personalidade e complexidade como Lestat ( Sim, vou usá-lo como parâmetro diversas vezes!).

Voltando ao livro, não há dúvidas da habilidade do autor com as palavras, ele escreve bem e usou a criatividade para desenrolar sua história tomando como base um suposto diário secreto do político norte-americano, no qual o décimo sexto Presidente dos EUA conta suas aventuras como caçador de vampiros, em paralelo a real biografia de Abraham, que por si só já rendeu e poderá render diversos livros, afinal ele era o comadante do país durante a Guerra Civil, que terminou com a manutenção da União e o fim da escravidão, um período da História norte-americana que ainda fascína os estadunidenses.Como li por aí, é uma forma engraçada de retratar Abraham Lincoln,mas acho que alguns exageros foram cometidos, as “provas” iconográficas mostraram-se bastante desnecessárias, rísíveis, na verdade, mas se o objetivo era este, foi alcançado.

Pela biografia do autor,produtor de cinema e televisão, se percebe que o livro foi escrito para ser transportado para as telonas, sendo que a parceria com Tim Burton provavelmente resultará em um filme de ação bem ao estilo americano.

Por fim, dificilmente acho que um livro não vale a pena,mas não pretendo ler o outro título do autor ” Orgulho e Preconceito e Zumbis”, os vampiros me bastaram.

Anúncios