Noites Brancas

Quando se ouve o nome “Fiódor Dostoivévski”, o que vem à sua mente? Na minha cabeça essa reposta é fácil. Um homem existencialista, politizado, contestador da realidade social da Rússia dos Czares. Contudo, não me deparei com esse homem ao ler Noites Brancas. Um romance com menos de 100 páginas, que sequer é citado em … Mais Noites Brancas