A Amiga Genial

Antes de mais nada, informo-os que a partir de hoje enalteceremos Elena Ferrante o quanto pudermos por aqui.

Há muito ouvia falar da misteriosa escritora italiana que assina seus romances com esse pseudônimo, Elena Ferrante, mas só muito recentemente, mais precisamenente há 5 ou 6 dias conheci o poder de sua escrita.

A Amiga Genial, o primeiro livro da tetralogia Napolitana, inicia a história da amizade entre duas mulheres, Lila Cerullo e Elena Greco, que desde pequenas lidam com a realidade suburdabana de uma Nápoles assombrada pelos fantasmas da Segunda Guerra Mundial e pela falta de pespectiva de vida para os menos afortunados, enclausurados em seus bairros e trabalhos maus remunerados em um ciclo de desesperança e violência.

No início desta série, acompanhamos a infância e adolescência de Cerullo e Greco, as descobertas,  a crueldade , a inveja, a disputa, o companheirismo e toda a dualidade que tais fases carregam, mas escrita de uma maneira real e brutal.

Elena, ou qualquer que seja seu verdeiro nome, tem uma forma única de carregar o que seria banal de camadas de complexidade, estendendo seu profundo e consciente olhar sobre as personagens femininas, descartando-as de qualquer estereótipo e enchendo-as de nuances que as transformam em espelhos nos quais nos reconhecemos como mulheres.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s